domingo, 2 de outubro de 2011

477 - NAMORADA CASTIÇA

     

      Era a primeira vez que saía sozinho com sua nova namorada. Depois de várias idas à casa da bela jovem conquistara a confiança dos sogros. Naquela noite, lhes permitiram dar uma volta de carro pela cidade. Ambos estavam muito alegres com o progresso no relacionamento, mas nervosos com a ansiada oportunidade. De mãos dadas, passearam por vários locais da cidade. Visitaram shopping, jantaram em um concorrido restaurante e assistiram a um filme romântico.

     O namorado, com muita cautela, temendo espantar ou constranger a sua linda e recatada donzela, criada com rigidez e disciplina pelos pais, se restringiu naquele primeiro momento a beijos ardentes e abraços apertados. Nem no escurinho do cinema ousou passear por cima ou por baixo do longo vestido e visitar com as mãos pelo escultural corpo e pelas partes íntimas da jovem.

     Já iniciava a madrugada quando decidiram retornar para casa. Próximo de seu bairro, na pouco movimentada avenida, a moça avistou um luminoso em forma de coração. De imediato, a jovem tocou com a mão na perna do namorado, bem perto da braguilha, e, com voz tímida, falou:

     - Amor, sabia que esse motel novo aí eu num conheço ainda? 


(imagem Google)

2 comentários:

  1. Muuuuiiito recatada!!!!!!kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Pior q tem algumas moças desse jeito, pensamos q são santas e aí... mostram o q são hehehe, muito boa essa Dr. Flávio

    ResponderExcluir