domingo, 10 de outubro de 2010

259 - VELHO MOUCO






          Dados do Ministério da Saúde informam que no Brasil a deficiência auditiva afeta 30 em cada 10 mil pessoas. A surdez atinge a principal forma de interação da pessoa mas não impede o seu desenvolvimento.

        Na Serra do Quincuncá, município cearense de Farias Brito, vivia Silvantério, um abastado fazendeiro que ouvia muito mal, era quase surdo.

        Certa tarde, um humilde empregado se dirigiu ao velho e experiente fazendeiro e pediu:

        - Seu Silvantério, me arrume cinquenta cruzeiro emprestado?

         - Hein! Num tou ouvindo meu fii. Fale mais alto. – respondeu o velho mouco, pondo a mão em forma de concha próximo ao ouvido.

         - Queria cem cruzeiro adiantando do senhor. – gritou o empregado.

         - Vala. E ligeirin subiu de cinquenta pra cem? – retrucou o fazendeiro.



Colaboração: Vilani Alencar

(imagem Google)



3 comentários:

  1. Esse tipo de surdez muita gente tem! KKKKK

    ResponderExcluir
  2. O véi era mais esperto do que surdo !!!! kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Klébia e Fatinha sempe visitando e animando o blog....
    Abraçosss

    ResponderExcluir