domingo, 3 de abril de 2011

360 - É MELHOR FALAR A VERDADE







           Pedro Gualberto, simpático agricultor do sítio Fortuna, também possuía casa na Rua dos Perus, animado e divertido trecho da pacata cidade de Várzea Alegre.

           No final da década de sessenta, aos finais de semana, no começo da noite, o agricultor sempre tomava um banho demorado, vestia a melhor roupa e se perfumava. Na saída de casa, a esposa perguntava:

          - Pêdo, pradonde tu vai todo cheiroso e arrumado?

           Em vez de despistar a mulher e inventar outro destino, o agricultor usava uma tática pouco comum. Com ar sério, sem pestanejar, falava a verdade, afirmando que ia para a zona de prostituição da cidade cearense:

          - Muié, eu vou pro Engein Véi*.

         Com a taxativa resposta do marido, a descrente esposa, sorrindo, dizia:

         - Deixa de mintira, Pêdo. Pensa que sou besta? Se tu fosse pro cabaré num ia me dizer que ia pra lá...



* área da cidade onde por muitos anos se estabeleceram as casas de tolerância.

(imagem Google)



9 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    É "mió" se fazer de abestada mesmo........kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. casas de tolerância, é ótimo...rsrs
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. muito esperto esse camarada se bem que naquela época as mulheres eram mais facil de enganar. o engenho velho resistiu pelos anos 80.

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,eita tatica arretada

    ResponderExcluir
  5. Agora lembrei do meu pai que ao chegar do cabaré quase ao amanhecer do dia, minha mãe começo a brigar, brigar, brigar e brigar muito.E meu pai só ouvindo.Quando ela terminou de falar me pai disse:
    - Sabe de uma coisa, que lá está melhor do que aqui.E se mandou.

    ResponderExcluir
  6. ahahahahahahaahahahahhahahahahaha Gean Gean... ri todas!rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  7. Sorte que as mulheres já mudaram bastante, e se "deixam" enganar por inteligência e não por ingenuidade. E a tolerância ea de quem mesmo?????? Bejin

    ResponderExcluir
  8. Georgia
    Meu pai, Inacim, foi uma farra dessa em Várzea-Alegre
    com seus amigos, todos conseguiram se arranjar, menos ele. Quando chegou em casa, ao se deitar, minha mãe falou:
    _ Faste pra lá que você tá fedendo a quenga
    Ele responde:
    - Ah! se fosse verdade!

    ResponderExcluir
  9. Fatinha gregório5 de abril de 2011 19:47

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Essa foi ótima Geórgia!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir