quinta-feira, 22 de novembro de 2012

679 - CONVERSA DA ROÇA (Pedra de Clarianã há dois anos)



            Na segunda metade do século passado, o agricultor varzealegrense Vicente Vieira, já aposentado, costumava visitar os filhos que moravam no vizinho município de Iguatu. Na cidade cearense banhada pelo Rio Jaguaribe, viviam o comerciante Jose Vieira e o Padre Antonio Vieira.

           Era na porta da livraria do filho Jose Vieira, observando o movimento da progressista cidade, que o agricultor gostava de passar o tempo. Ali proseava com todos que chegavam, especialmente com as mulheres.

          Certa manhã, entrou na livraria uma bonita e simpática mulher. E Vicente Vieira foi logo puxando conversa:

             - A cumade é daqui do Iguatu mermo?

           - Sou sim, moro no sítio, na Barriga*. Na verdade, minha casa fica um pouco pra baixo da Barriga.

     - Eita lugarzin danado de bom! – exclamou imediatamente o conhecido e bem-humorado agricultor varzealegrense.


* sítio distante cerca de 20 km da sede do município de Iguatu-CE

Colaboração: Fátima Morais

(imagem Google)

2 comentários:

  1. Pedra de Clarianã.Eita lugarzim danado de bom.
    Flavim estou sempre por aqui.

    ResponderExcluir