terça-feira, 6 de setembro de 2011

465 - DESFILE DE 7 DE SETEMBRO




Na semana da pátria sempre me recordo dos desfiles de 7 de setembro em minha pequena e querida cidade natal, Várzea Alegre.  Na década de setenta, as escolas do município se desdobravam para realizar uma bela homenagem no aniversário da proclamação da independência do Brasil.

Sob a orientação dos incansáveis professores, a escola iniciava os preparativos e ensaios com bastante antecedência, para que, no dia esperado, todos desfilassem no mesmo ritmo.

Representando o Centro Educacional São Raimundo Nonato, onde estudei  por cinco anos e conclui o antigo primeiro grau, marchei diversas vezes sobre os paralelepípedos das ruas da cidade.

Além da demora dos incompreensíveis discursos no palanque oficial, outra situação me incomodava. Nunca entendi a discriminatória regra de posicionar os alunos de menor estatura na última fila do pelotão.

Compondo o grupo dos últimos alunos a passar, mal ouvindo as batidas dos instrumentos da distante banda, eu só escutava os comentários dos populares:

- Tá acabano, agora só falta passá o xerém*.


* nome popular do último pelotão do desfile.
(imagem Google)

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Era mesmo! Chamavam de xerem...kkkkkk Bons tempos, eu era xerém também.....

    ResponderExcluir